PUBLICIDADE





Olá, prezada pessoa ouvinte cidadã.

Cinco passos para enfrentar, em casa, a crise econômica que, pelo segundo ano, atinge o país. Para tanto, a gente conversa, nesta semana, com um terapeuta financeiro. Chique, né? E o melhor: de graça. Então, vamos nessa.

Hoje, o primeiro passo a ser dado. Achar um jeito de se livrar ou, pelo menos, diminuir o valor, e mais ainda, não fazer novas dívidas. Só se for preciso mesmo, não tiver jeito.

E tem uma coisa boa para a pessoa lembrar. Nestes momentos de crise, a pessoa que precisa receber da pessoa que está devendo, ela acaba entendendo que é melhor os dois se entenderem para ninguém ficar no prejuízo.

Então, aproveitem, os dois lados, para negociar. Até porque há juros altos que podem atrapalhar o pagamento da prestação em dia, da dívida que precisa ser diminuída.

Primeiro passo para se livrar da dívida. Começa em casa, sempre. Não tem como fazer de conta que está tudo bem quando o pai perdeu o emprego ou arranjou outro ganhando menos. O filho, na escola, tem que acompanhar a nova situação.

Porque tudo começa em casa, dentro da família, não adianta esconder. Palavra do terapeuta financeiro Reinaldo Domingos, presidente da Associação Brasileira dos Educadores Financeiros.

Acompanhe o programa e saiba qual o primeiro passo para se livrar das dívidas.

* Este programa é uma reprise. O programa original foi ao ar em 15/02/16.

Trocando em Miúdo: Quadro do programa Em Conta, da Rádio Nacional da Amazônia. Aborda temas relacionados a economia e finanças, traduzidos para o cotidiano do cidadão. É distribuido em formato de programete, de segunda a sexta-feira, pela Radioagência Nacional. Acesse aqui as edições anteriores.

Trocando em Miúdo: Aprenda a reduzir dívidas e enfrentar a crise com a Radioagência Nacional





Olá, prezada pessoa ouvinte cidadã.

Cinco passos para enfrentar, em casa, a crise econômica que, pelo segundo ano, atinge o país. Para tanto, a gente conversa, nesta semana, com um terapeuta financeiro. Chique, né? E o melhor: de graça. Então, vamos nessa.

Hoje, o primeiro passo a ser dado. Achar um jeito de se livrar ou, pelo menos, diminuir o valor, e mais ainda, não fazer novas dívidas. Só se for preciso mesmo, não tiver jeito.

E tem uma coisa boa para a pessoa lembrar. Nestes momentos de crise, a pessoa que precisa receber da pessoa que está devendo, ela acaba entendendo que é melhor os dois se entenderem para ninguém ficar no prejuízo.

Então, aproveitem, os dois lados, para negociar. Até porque há juros altos que podem atrapalhar o pagamento da prestação em dia, da dívida que precisa ser diminuída.

Primeiro passo para se livrar da dívida. Começa em casa, sempre. Não tem como fazer de conta que está tudo bem quando o pai perdeu o emprego ou arranjou outro ganhando menos. O filho, na escola, tem que acompanhar a nova situação.

Porque tudo começa em casa, dentro da família, não adianta esconder. Palavra do terapeuta financeiro Reinaldo Domingos, presidente da Associação Brasileira dos Educadores Financeiros.

Acompanhe o programa e saiba qual o primeiro passo para se livrar das dívidas.

* Este programa é uma reprise. O programa original foi ao ar em 15/02/16.

Trocando em Miúdo: Quadro do programa Em Conta, da Rádio Nacional da Amazônia. Aborda temas relacionados a economia e finanças, traduzidos para o cotidiano do cidadão. É distribuido em formato de programete, de segunda a sexta-feira, pela Radioagência Nacional. Acesse aqui as edições anteriores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário