PUBLICIDADE



Alto do Rodrigues - Depois de assistir na avenida na última sexta-feira uma grande mobilização que marcou o início da corrida sucessória da coligação "Alto do Rodrigues seguindo em frente" que tem como candidatos a reeleição na chapa majoritária Abelardo e Emília, o grupo de oposição acaba de perder a priori, mais um apoio político para o pleito de 2 de outubro e terá que redobrar os esforços, visto que a chapa majoritária continua indefinida em processo de julgamento com problemas no processo de registro de candidatura do vice, o ex-vereador Jonas Augusto ("Mê")

Esperto, antes de o barco afundar de vez, o ex-vereador Toinho Olegário (PHS) desistiu de postular uma vaga para concorrer ao Legislativo pela coligação oposicionista, porque não confiou e nem acreditou no projeto político desenhado pelo grupo derrotado em 2012 que tem como um dos articuladores o ex-prefeito "ficha suja" Eider Medeiros, preferindo ficar ao lado dos candidatos a reeleição Abelardo Rodrigues e Emília Patrícia.


Depois do grande desfalque com a saída de Toinho Olegário, a juíza da 47ª Zona Eleitoral proferiu decisão pelo indeferimento (pedido negado) do registro de candidatura a reeleição do vereador Lobão (PTN), enfraquecendo ainda mais a chapa majoritária da coligação "Juntos para vencer I e II", encabeçada pela esposa do ex-prefeito "ficha suja", Jaqueline Medeiros. É aguardar para saber o que vai acontecer nos próximos capítulos dessa novela.


Justiça Eleitoral indefere candidatura de 'Lobão' e chapa majoritária de oposição segue indefinida



Alto do Rodrigues - Depois de assistir na avenida na última sexta-feira uma grande mobilização que marcou o início da corrida sucessória da coligação "Alto do Rodrigues seguindo em frente" que tem como candidatos a reeleição na chapa majoritária Abelardo e Emília, o grupo de oposição acaba de perder a priori, mais um apoio político para o pleito de 2 de outubro e terá que redobrar os esforços, visto que a chapa majoritária continua indefinida em processo de julgamento com problemas no processo de registro de candidatura do vice, o ex-vereador Jonas Augusto ("Mê")

Esperto, antes de o barco afundar de vez, o ex-vereador Toinho Olegário (PHS) desistiu de postular uma vaga para concorrer ao Legislativo pela coligação oposicionista, porque não confiou e nem acreditou no projeto político desenhado pelo grupo derrotado em 2012 que tem como um dos articuladores o ex-prefeito "ficha suja" Eider Medeiros, preferindo ficar ao lado dos candidatos a reeleição Abelardo Rodrigues e Emília Patrícia.


Depois do grande desfalque com a saída de Toinho Olegário, a juíza da 47ª Zona Eleitoral proferiu decisão pelo indeferimento (pedido negado) do registro de candidatura a reeleição do vereador Lobão (PTN), enfraquecendo ainda mais a chapa majoritária da coligação "Juntos para vencer I e II", encabeçada pela esposa do ex-prefeito "ficha suja", Jaqueline Medeiros. É aguardar para saber o que vai acontecer nos próximos capítulos dessa novela.


Nenhum comentário:

Postar um comentário