PUBLICIDADE


O ex-governador Sérgio Cabral (PMDB), preso nesta quinta-feira (17) pela Polícia Federal, passou a noite em uma cela de nove metros quadrados no complexo penitenciário de Gericinó, em Bangu, Zona Oeste do Rio. (Foto: Reprodução/O Globo)

Acostumado a refeições de luxo, na manhã desta sexta (18) ele terá para o café da manhã um pão na manteiga e café com leite, o mesmo cardápio dos outros detentos.

Nesta sexta é dia de visita no complexo de presídios e os parentes dos presos já aguardavam na entrada do local por volta das 6h50 para esperar pela visita que começa por volta das 8h.

No almoço e no jantar, o cardápio é composto por: arroz ou macarrão, feijão, farinha, carne branca ou vermelha (carne, peixe, frango), legumes, salada, sobremesa e refresco. Já o lanche é um guaraná e pão com manteiga ou bolo.

(Com o G1)

Acostumado a refeições de luxo, Cabral terá um pão na manteiga e café com leite, para o café da manhã


O ex-governador Sérgio Cabral (PMDB), preso nesta quinta-feira (17) pela Polícia Federal, passou a noite em uma cela de nove metros quadrados no complexo penitenciário de Gericinó, em Bangu, Zona Oeste do Rio. (Foto: Reprodução/O Globo)

Acostumado a refeições de luxo, na manhã desta sexta (18) ele terá para o café da manhã um pão na manteiga e café com leite, o mesmo cardápio dos outros detentos.

Nesta sexta é dia de visita no complexo de presídios e os parentes dos presos já aguardavam na entrada do local por volta das 6h50 para esperar pela visita que começa por volta das 8h.

No almoço e no jantar, o cardápio é composto por: arroz ou macarrão, feijão, farinha, carne branca ou vermelha (carne, peixe, frango), legumes, salada, sobremesa e refresco. Já o lanche é um guaraná e pão com manteiga ou bolo.

(Com o G1)

Nenhum comentário:

Postar um comentário