PUBLICIDADE



Apontados como chefes da facção que matou diversos presos durante rebelião na Penitenciária de Alcaçuz, cinco criminosos foram transferidos hoje (31) para o presídio federal de Pedro Velho, no estado de Rondônia.  (Foto: Frankie Marcone/Futura Press/Estadão Conteúdo)

Os apontados com líderes são:

1) José Cláudio Cândido do Prado, 37 anos: Condenado a 75 anos de prisão pela prática dos crimes de homicídio, roubo e tráfico de drogas. É do Estado de Mato Grosso.

2) Tiago de Souza Soares, 30 anos: Condenado a 38 anos e seis meses pela prática dos crimes de homicídio e tráfico de drogas.

3) Paulo da Silva Santos, 42 anos: Condenado a 32 anos pelos crimes de extorsão e tráfico de drogas.

4) João Francisco dos Santos, o Dão, 30 anos: Condenado a 39 anos por ter matado o radialista F. Gomes, em Caicó.

5) Paulo Márcio Rodrigues de Araújo, 31 anos: É preso provisório, ainda não foi condenado. É da cidade de Ipanguaçu.

Apontados como chefes de facção são transferidos para presídio federal em Rondônia



Apontados como chefes da facção que matou diversos presos durante rebelião na Penitenciária de Alcaçuz, cinco criminosos foram transferidos hoje (31) para o presídio federal de Pedro Velho, no estado de Rondônia.  (Foto: Frankie Marcone/Futura Press/Estadão Conteúdo)

Os apontados com líderes são:

1) José Cláudio Cândido do Prado, 37 anos: Condenado a 75 anos de prisão pela prática dos crimes de homicídio, roubo e tráfico de drogas. É do Estado de Mato Grosso.

2) Tiago de Souza Soares, 30 anos: Condenado a 38 anos e seis meses pela prática dos crimes de homicídio e tráfico de drogas.

3) Paulo da Silva Santos, 42 anos: Condenado a 32 anos pelos crimes de extorsão e tráfico de drogas.

4) João Francisco dos Santos, o Dão, 30 anos: Condenado a 39 anos por ter matado o radialista F. Gomes, em Caicó.

5) Paulo Márcio Rodrigues de Araújo, 31 anos: É preso provisório, ainda não foi condenado. É da cidade de Ipanguaçu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário