PUBLICIDADE


A torcida do Vasco está ansiosa pela estreia de sua principal contratação para esta temporada, principalmente para o seu retorno a séria A do Campeonato Brasileiro, o atacante Luis Fabiano, jogador que foi ídolo no São Paulo e que serviu a Seleção Brasileira principal. (Foto: Globo/Esporte)

Embora tenha sido revelado para o futebol nacional jogando em São Paulo atuando na Ponte Preta, o atacante que ganhou o apelido de "Fabuloso" por suas boas atuações, encontrou uma boa motivação para jogar no Rio de Janeiro, especialmente no time de São Januário. Em entrevista ao Globo Esporte, Luis Fabiano revelou que seu ídolo é nada mais, nada menos que o baixinho Romário.

A estreia está marcada para logo mais às 16h (horário de Brasília), no Engenhão, contra o Macaé, pela primeira rodada da Taça Rio. Será a 11ª de sua carreira, contando as três passagens pelo São Paulo. O acante não esconde a ansiedade e tenta aliviar a expectativa da torcida vascaina que aposta muito no artilheiro.

"Não sou muito bom de estreia (risos). Se for falar em porcentagem acho que em 60% dos jogos eu fiz gol, mas em muitos deles eu não fiz. O importante é o julgamento do ano todo. ", disse.

Luis Fabiano estreia pelo Vasco neste domingo (12)


A torcida do Vasco está ansiosa pela estreia de sua principal contratação para esta temporada, principalmente para o seu retorno a séria A do Campeonato Brasileiro, o atacante Luis Fabiano, jogador que foi ídolo no São Paulo e que serviu a Seleção Brasileira principal. (Foto: Globo/Esporte)

Embora tenha sido revelado para o futebol nacional jogando em São Paulo atuando na Ponte Preta, o atacante que ganhou o apelido de "Fabuloso" por suas boas atuações, encontrou uma boa motivação para jogar no Rio de Janeiro, especialmente no time de São Januário. Em entrevista ao Globo Esporte, Luis Fabiano revelou que seu ídolo é nada mais, nada menos que o baixinho Romário.

A estreia está marcada para logo mais às 16h (horário de Brasília), no Engenhão, contra o Macaé, pela primeira rodada da Taça Rio. Será a 11ª de sua carreira, contando as três passagens pelo São Paulo. O acante não esconde a ansiedade e tenta aliviar a expectativa da torcida vascaina que aposta muito no artilheiro.

"Não sou muito bom de estreia (risos). Se for falar em porcentagem acho que em 60% dos jogos eu fiz gol, mas em muitos deles eu não fiz. O importante é o julgamento do ano todo. ", disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário