PUBLICIDADE



Dados divulgados nesta segunda-feira (15) mostram uma reação da atividade econômica e indicam que o País ainda tem muito potencial de crescimento.

Nos primeiros três meses do ano, o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), conhecido como uma prévia do Produto Interno Bruto (PIB), acumulou alta de 1,12% em comparação com o trimestre anterior, na série ajustada. O dado é medido pelo próprio Banco Central e serve como parâmetro para avaliar o comportamento da economia brasileira.

Economia reage e indicadores sinalizam para o fim da recessão



Dados divulgados nesta segunda-feira (15) mostram uma reação da atividade econômica e indicam que o País ainda tem muito potencial de crescimento.

Nos primeiros três meses do ano, o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), conhecido como uma prévia do Produto Interno Bruto (PIB), acumulou alta de 1,12% em comparação com o trimestre anterior, na série ajustada. O dado é medido pelo próprio Banco Central e serve como parâmetro para avaliar o comportamento da economia brasileira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário