PUBLICIDADE


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), alvo na Operação Lava-Jato, defendeu ontem, 20, a realização de uma nova eleição direta para presidente da República, ocasião em que reforçou que é candidato. (Foto: reprodução/internet)

Lua fez a afirmação quando participava da solenidade de posse da nova diretoria do Diretório Municipal do PT de São Bernardo do Campo. O petista ironizou as denúncias de que seria beneficiário de contas no exterior, como disse o empresário Joescley Batista, sócio da holding J&F, em delação premiada.

“Sou o único babaca do mundo que tem dinheiro depositado no mundo inteiro, mas nada em meu nome”, disse. 

Lula defende eleição direta e reforça candidatura


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), alvo na Operação Lava-Jato, defendeu ontem, 20, a realização de uma nova eleição direta para presidente da República, ocasião em que reforçou que é candidato. (Foto: reprodução/internet)

Lua fez a afirmação quando participava da solenidade de posse da nova diretoria do Diretório Municipal do PT de São Bernardo do Campo. O petista ironizou as denúncias de que seria beneficiário de contas no exterior, como disse o empresário Joescley Batista, sócio da holding J&F, em delação premiada.

“Sou o único babaca do mundo que tem dinheiro depositado no mundo inteiro, mas nada em meu nome”, disse. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário