PUBLICIDADE


O Supremo Tribunal Federal (STF), determinou o afastamento do senador Aécio Neves (PSDB-MG) nesta quinta-feira (18).

A Suprema Corte, também autorizou buscas em endereços ligados ao senador que é presidente do partido e que teve o pedido de prisão feito pelo Procurador-Geral da União, Rodrigo Janot. O pedido foi negado pelo ministro relator da Lava-Jato no STF, Edson Fachin. O caso deve ser lavado ao plenário e não há previsão de que seja analisado nesta quinta-feira, uma vez que três ministros estão fora do país. O deputado Rocha Loures (PMDB-PR) também teve pedido. (Foto: reprodução/O Globo)

Senador Aécio Neves é afastado do cargo pelo STF


O Supremo Tribunal Federal (STF), determinou o afastamento do senador Aécio Neves (PSDB-MG) nesta quinta-feira (18).

A Suprema Corte, também autorizou buscas em endereços ligados ao senador que é presidente do partido e que teve o pedido de prisão feito pelo Procurador-Geral da União, Rodrigo Janot. O pedido foi negado pelo ministro relator da Lava-Jato no STF, Edson Fachin. O caso deve ser lavado ao plenário e não há previsão de que seja analisado nesta quinta-feira, uma vez que três ministros estão fora do país. O deputado Rocha Loures (PMDB-PR) também teve pedido. (Foto: reprodução/O Globo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário