PUBLICIDADE


Ao menos, 148 pessoas morreram e mais de 50 ficaram gravemente feridas após a explosão, neste domingo (25), de um caminhão-tanque cheio de gasolina, que pegou fogo após sofrer um acidente e capotar em uma estrada no leste do Paquistão.

Segundo Fida Hussain, porta-voz da polícia local, o número de vítimas é altos porque muita gente se aproximou do caminhão para pegar a gasolina que vazou do veículos. Centenas se aproximaram do local com esse objetivo, mas foram atingidas pelas labaredas e pelas explosões.

De acordo com a agência Associated Press, o fogo teria começado devido às faíscas de carros e motos que circularam pelo local após o capotamento.

Segundo afirmou à AP o médico Mohammad Baqar, que faz parte da equipe de resgate, muitos corpos foram carbonizados a tal ponto que só poderão ser reconhecidos após testes de DNA. Entre as vítimas, há homens, mulheres e até crianças. O número de vítimas fatais pode aumentar, já que o feridos estão em condições gravíssimas.

Acidente
O acidente aconteceu por volta das 6h30 (horário local, 22h30 de sábado, 24, em Brasília), perto da localidade de Bahawalpur, na província de Punjab. Hussain explicou que o caminhão ia da cidade de Carachi, ao sul, para o norte, com destino à localidade de Lahore. Ele teria tombado por excesso de velocidade.

Do G1

Explosão de caminhão-tanque mata mais de 140 pessoas no Paquistão


Ao menos, 148 pessoas morreram e mais de 50 ficaram gravemente feridas após a explosão, neste domingo (25), de um caminhão-tanque cheio de gasolina, que pegou fogo após sofrer um acidente e capotar em uma estrada no leste do Paquistão.

Segundo Fida Hussain, porta-voz da polícia local, o número de vítimas é altos porque muita gente se aproximou do caminhão para pegar a gasolina que vazou do veículos. Centenas se aproximaram do local com esse objetivo, mas foram atingidas pelas labaredas e pelas explosões.

De acordo com a agência Associated Press, o fogo teria começado devido às faíscas de carros e motos que circularam pelo local após o capotamento.

Segundo afirmou à AP o médico Mohammad Baqar, que faz parte da equipe de resgate, muitos corpos foram carbonizados a tal ponto que só poderão ser reconhecidos após testes de DNA. Entre as vítimas, há homens, mulheres e até crianças. O número de vítimas fatais pode aumentar, já que o feridos estão em condições gravíssimas.

Acidente
O acidente aconteceu por volta das 6h30 (horário local, 22h30 de sábado, 24, em Brasília), perto da localidade de Bahawalpur, na província de Punjab. Hussain explicou que o caminhão ia da cidade de Carachi, ao sul, para o norte, com destino à localidade de Lahore. Ele teria tombado por excesso de velocidade.

Do G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário