PUBLICIDADE



Agentes da Polícia Federal, Delegacia Regional de Mossoró, cumpriram na tarde desta quarta-feira 21 de junho, um mandado de prisão expedido pela justiça federal, contra o médico cirurgião Dr. Ermance Fernandes Pinheiro. Ele foi preso no Hospital Regional Tarcísio Maia onde estava de plantão.

O médico foi condenado à pena privativa de liberdade de 5 (cinco) anos, 10 (dez) meses de reclusão e 97 (noventa e sete) dias-multa, em regime inicialmente fechado, na Penitenciária Estadual Mário Negócio em Mossoró.

Dr. Ermance Fernandes foi julgado e condenado pela prática dos crimes previstos no art. 171, § 3º c/c art. 71 e art. 316, ambos do Código Penal, por cobrar pelos serviços que já eram pagos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e também por forjar internações na antiga Casa de Saúde Santa Luzia, em Mossoró. Estes crimes, segundo a justiça federal teriam sido praticados há 10 anos e julgados neste ano de 2017.

(Com O Câmera)

Médico cirurgião é preso pela Polícia Federal em Mossoró



Agentes da Polícia Federal, Delegacia Regional de Mossoró, cumpriram na tarde desta quarta-feira 21 de junho, um mandado de prisão expedido pela justiça federal, contra o médico cirurgião Dr. Ermance Fernandes Pinheiro. Ele foi preso no Hospital Regional Tarcísio Maia onde estava de plantão.

O médico foi condenado à pena privativa de liberdade de 5 (cinco) anos, 10 (dez) meses de reclusão e 97 (noventa e sete) dias-multa, em regime inicialmente fechado, na Penitenciária Estadual Mário Negócio em Mossoró.

Dr. Ermance Fernandes foi julgado e condenado pela prática dos crimes previstos no art. 171, § 3º c/c art. 71 e art. 316, ambos do Código Penal, por cobrar pelos serviços que já eram pagos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e também por forjar internações na antiga Casa de Saúde Santa Luzia, em Mossoró. Estes crimes, segundo a justiça federal teriam sido praticados há 10 anos e julgados neste ano de 2017.

(Com O Câmera)

Nenhum comentário:

Postar um comentário