PUBLICIDADE


O juiz Sergio Moro condenou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a 9 anos e seis meses de prisão por corrupção ativa e lavagem de dinheiro no processo da compra e reforma de um apartamento tríplex no Guarujá, litoral de São Paulo.

Moro afirmou na sentença em que condenou o petista nesta quarta-feira (12) que foi intimidado e que não decretou a prisão neste momento do processo por "prudência".

“A prática do crime corrupção envolveu a destinação de dezesseis milhões de reais a agentes políticos do Partido dos Trabalhadores, um valor muito expressivo. Além disso, o crime foi praticado em um esquema criminoso mais amplo no qual o pagamento de propinas havia se tornado rotina”, escreveu Moro na sentença de 216 páginas. Clique aqui e veja a sentença.

Lula é condenado na Lava Jato a quase 10 anos de prisão


O juiz Sergio Moro condenou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a 9 anos e seis meses de prisão por corrupção ativa e lavagem de dinheiro no processo da compra e reforma de um apartamento tríplex no Guarujá, litoral de São Paulo.

Moro afirmou na sentença em que condenou o petista nesta quarta-feira (12) que foi intimidado e que não decretou a prisão neste momento do processo por "prudência".

“A prática do crime corrupção envolveu a destinação de dezesseis milhões de reais a agentes políticos do Partido dos Trabalhadores, um valor muito expressivo. Além disso, o crime foi praticado em um esquema criminoso mais amplo no qual o pagamento de propinas havia se tornado rotina”, escreveu Moro na sentença de 216 páginas. Clique aqui e veja a sentença.

Nenhum comentário:

Postar um comentário