PUBLICIDADE


A ministra presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia, recebeu um pedido de reajuste salarial de 41,3%, solicitado por representantes da Anamatra, Ajude e AMB.

No entendimento da categoria, existem perdas acumuladas em relação aos subsídios para remuneração dos membros do Poder Judiciário, criados em 1998 por emenda constitucional.

Juízes pedem reajuste de 41,3% a ministra Cármen Lúcia


A ministra presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia, recebeu um pedido de reajuste salarial de 41,3%, solicitado por representantes da Anamatra, Ajude e AMB.

No entendimento da categoria, existem perdas acumuladas em relação aos subsídios para remuneração dos membros do Poder Judiciário, criados em 1998 por emenda constitucional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário