Header Ads Widget

Responsive Advertisement

VÍDEO: Bolsonaro muda discurso e diz a apoiadores que pode tomar vacina



O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) mudou o seu discurso e admitiu em conversa com apoiadores, em Brasília, na noite de ontem, que pode tomar a vacina contra a covid-19.

"Eu já tive o vírus vivo, então estou imunizado. Deixa outro tomar a vacina no meu lugar. Lá na frente, lá na frente, depois que todo mundo tomar... Se eu resolver tomar, porque no que depender de mim é voluntário, eu tomarei", disse ele, em vídeo publicado por um canal bolsonarista no YouTube.

Bolsonaro já foi diagnosticado com a doença em julho do ano passado, mas cientistas ainda não sabem dizer por quanto tempo as pessoas ficam protegidas de se infectar novamente. Ou seja, o fato de ter se imunizado contra o vírus, como ele mesmo diz, não significa que não deva tomar a vacina.

Em dezembro, Bolsonaro chegou a dizer durante evento em Porto Seguro (BA) que não tomaria a vacina e criticou a obrigatoriedade da imunização: "Já tenho anticorpos. Pra que tomar a vacina de novo?".

Na ocasião, ele também fez alegações, sem fundamento ou base científica, ao comparar eventuais efeitos colaterais com "virar jacaré e Super-Homem" e "nascer barba em mulher ou algum homem começar a falar fino". Por fim, ele acrescentou: "Não tenho nada a ver com isso".

Com informações de UOL


Postar um comentário

0 Comentários