Secretaria municipal de Saúde reúne entidades e sociedade civil para elaborar um plano municipal de combate ao Aedes aegypti - PANORAMA DO ALTO

Últimas

Banner 728x90

sábado, 2 de março de 2024

Secretaria municipal de Saúde reúne entidades e sociedade civil para elaborar um plano municipal de combate ao Aedes aegypti



A Prefeitura de Alto do Rodrigues, através da secretaria municipal de Saúde, promoveu uma reunião nesta sexta-feira (1º) com a participação da sociedade civil, entidades de classe, igreja, representanes de empresas privadas, incluindo escolas, para apresentar e discutir sugestões para compor o plano municipal de saúde de combate ao mosquito Aedes aegypti.

Segundo o secretário de saúde, Antônio Flávio, existe também uma preocupação das esferas dos governos estadual e federal com relação a um possível surto da dengue tanto no Rio Grande do Norte como no país, por isso a necessidade de intensificar as ações de combate e de prevenção.

"Apresentamos hoje o plano municipal de combate ao Aedes aegypti, que por sinal foi muito bem recebido, de modo que tivemos muitas discussões e acatamos novas ideias dos participantes. Vamos colocar em prática todas as ações, contando com a participação de toda população que precisa cuidar de suas casas ou terreno fazendo inspeção períodica para assim evitar a proliferação do mosquito e o contágio da doença", orientou.O secretário disse também que a secretaria de Saúde está a disposição para esclarecer qualquer dúvida dos moradores com relação ao tema e ajudar no que for necessário, e lembrou que os agentes municipais de endemias realizam um trabalho contínuo de visitas as residências obedecendo um período de tempo que gira em torno de dois meses, reforçando que é de fundamental importância a participação da população no combate ao mosquito.

Ainda de acordo com Antônio Flávio, o plano municipal teve seu pontapé inicial a partir desse encontro e será desenvolvido até o mês de dezembro. No decorrer desse período será estudado uma forma de implementação de uma política que possibilite a limpeza de terrenos baldios e de casas desocupadas, bem como será feito um mutirão de limpeza pelo serviço público conjuntamente com empresas instaladas no município.



O gestor da saúde altorodriguense informou que é considerado baixo o número de casos notificados de pessoas com a dengue no município (apenas 23) no ano passado, mas salientou que existe uma grande dificuldade para notificar o paciente, uma vez que quando o mesmo passa por uma consulta médica e é solicitado um prazo para a realização do exame, muitas vezes acontece que o paciente melhora e não retorna à unidade de saúde para concluir o atendimento, dificultando assim a confirmação ou não do diagnóstico da doença.

Para o supervisor de empresa, Fabiano Mota, o encontro foi muito importante e ajuda a conscientizar a população acerca do problema. "Nós trabalhamos diretamente com 86 famílias e é muito importante disseminar essas informações para que o município possa trabalhar com segurança e com a ajuda dos colaboradores. Estamos juntos com a secretaria para somar e assim impedir um possível surto da dengue no município".

O coordenador municipal de endemias, Teófilo Seixas, alertou que o período e a situação climática é favorável para o desenvolvimento do mosquito transmissor da dengue, e espera que a população se sensibilize cuidando de seus quintais eliminando possíveis criadouros, deixando seus reservatórios bem fechados e lavando periodicamente, evitando colocar lixo em terrenos baldios, em fim, não esperando apenas pelo serviço público e a visita do agente de endemias para tomar uma inciativa.

Para a presidente do Conselho Municipal de Saúde de Alto do Rodrigues (CMSAR), enfermeira Maria Nílsia, o encontro foi muito positivo, uma vez que mobilizou as empresas, igrejas, escolas, possibilitando ampla divulgação dos meios de prevenção, informando aos que por ventura sejam acomentidos da dengue onde encontrar atendimento, bem como prestando orientações para combater o mosquito transmissor em Alto do Rodrigues.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores.