Acre: prefeito discute com deputado, sofre enfarto e vai parar na UTI

Confusão aconteceu durante sessão da Assembleia Legislativa do Estado. Veja o vídeo




O prefeito Mazinho Serafim (MDB), de Sena Madureira, interior do Acre, teve um enfarto na quarta-feira 25 depois de discutir com o deputado Gerlen Diniz (Progressistas), em sessão da Assembleia Legislativa do Estado.

O desentendimento começou durante pronunciamento do deputado, que usou seu tempo na tribuna para falar sobre uma denúncia relacionada a uma usina de asfalto que fica na cidade. Serafim, então, invadiu a sessão, começou a interromper a fala do parlamentar aos gritos e os dois começaram a bater boca.

“Fiz diversas denúncias relacionadas aos desmandos que acontecem na prefeitura de Sena Madureira. De ontem para hoje, já foram mais 24 horas que uma usina de asfalto, avaliada em R$ 3 milhões, pertencente ao município, estão nas mãos de particulares, um patrimônio de R$ 3 milhões pagando um aluguel de aproximadamente R$ 1 mil por dia. O cidadão que faz uma coisa dessas é um criminoso, tinha que estar preso, não é digno de ser prefeito de uma cidade”, disse o parlamentar.



Nesse momento, o prefeito começa a gritar na tribuna e o deputado pede para que o presidente da Casa o deixe continuar seu pronunciamento. “Você é um pilantra, você não tem coragem de vir até aqui, você não tem moral”, gritou o gestor municipal.

Serafim foi contido, momento em que Antonio Pedro, deputado que presidia a sessão, suspendeu o pronunciamento e o prefeito começou a ser retirado do plenário.

“Estou no meu trabalho, sou deputado estadual. Se não retirar eu vou lá, eu vou acertar o pé do ouvido desse vagabundo, eu estou falando. Ou retira ou eu vou lá”, disse o deputado.

Contido por outros parlamentares, Serafim ainda berrou contra o parlamentar. “Palhaço, corno, corno. Você é um corno.”




Prefeito está internado na UTI

Depois da discussão, o prefeito sofreu um princípio de enfarto e precisou ser levado ao hospital. Serafim está internado na Unidade de Terapia Intensiva.

A assessoria da prefeitura informou que ele está “acordado e orientado”. No boletim médico, o hospital afirmou que o gestor teve um enfarto agudo do miocárdio e foi submetido a um cateterismo cardíaco.


 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem